fbpx
Largo da alfândega requalificado valorizando aquele espaço do centro histórico, onde se localiza a Biblioteca Municipal, o Cine Teatro João Verde e o posto da GNR.

Trabalhos inseridos na obra da Praça da República de Monção estão concluídos

A intervenção urbanística no Largo da Alfândega está concluída, encontrando-se aberta ao público desde a passada sexta-feira, 18 de dezembro. Com circulação automóvel apenas num sentido, possui um espaço para cargas e descargas, bancos, papeleiras e arborização, bem como reforço da iluminação pública.

Largo da alfândega requalificado valorizando aquele espaço do centro histórico, onde se localiza a Biblioteca Municipal, o Cine Teatro João Verde e o posto da GNR.

Com caraterísticas preferencialmente pedonais, o renovado Largo da Alfândega garante continuidade física à Praça da República e artérias circundantes, assegurando a ligação do Museu do Alvarinho à Biblioteca Municipal, ao Cine Teatro João Verde e ao posto da GNR.

Os trabalhos realizados no Largo da Alfândega inserem-se na obra de requalificação da Praça da República que, com os trabalhos já concluídos, ganhou um semblante mais moderno e atrativo, potenciando a realização de eventos culturais e dinamizando a atividade comercial.

Com o brasão de Monção desenhado no pavimento, em frente ao Palácio da Justiça, a nova imagem da Praça da República apresenta três repuxos de água com símbolos de Monção (Alvarinho, Termas e Coca), áreas verdes, pérgula, bancos, papeleiras, iluminação pública reforçada e passeios mais largos.

Com uma das artérias vedada ao trânsito automóvel, a presente intervenção enquadrou-se num projeto global de requalificação urbanística do centro histórico da vila, o qual configura uma verdadeira “revolução” na imagem dos espaços públicos, fomentando o aumento turístico, cultural e comercial.

Além da Praça da República e Largo da Alfândega, procedeu-se ao melhoramento da Rua da Independência, Rua Eng. Duarte Pacheco, Rua Pimenta de Castro, Rua 25 de Abril e Largo da Antiga Estação da CP.  Esta valorização está a ser acompanhada pela iniciativa privada que tem vindo a recuperar vários imóveis no centro histórico.

Print Friendly, PDF & Email
Me gusta
Me gusta Me encanta Me divierte Me asombra Me entristece Me enfada
2